Governo de MS: Pelo menos 4 nomes já figuram como possíveis candidatos em 2022

Política gazetacrnews em 05 de junho, 2021 08h06m
Facebook Twitter Whatsapp

Eduardo Riedel; Marquinhos Trad; Senadora Soraya e Vander Loubet.Foto: Gazeta.

Da Redação – No próximo ano haverá eleições em todo Brasil, quando serão eleitos o presidente da República, Governadores, Senadores, Deputados Federais e Deputados Estaduais.

Em MS, o atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB), não pode mais se reeleger, e portanto, um novo governante será eleito. O PSDB, partido de Azambuja deve apresentar o atual secretário estadual de infraestrutura Eduardo Riedel, como opção para concorrer ao governo. Riedel tem viajado com Reinaldo por todos os municípios do Estado, em busca de popularizar o seu nome, em primeiro, plano junto a classe política.

Outro nome que é dado como uma possibilidade de candidatura, é a do atual prefeito da capital, Campo Grande, Marquinhos Trad. Ele foi reeleito prefeito, mas não esconde a possibilidade em concorrer ao governo estadual. Marquinhos e Reinaldo Azambuja tem mantido uma boa relação política, inclusive de parcerias. Uma pesquisa recém divulgada, realizada na capital Campo Grande, apresenta números em que pelo menos 70% dos entrevistados afirmam que não querem que Marquinhos deixe a Prefeitura – querem ele como prefeito.

O PT, em face da possibilidade muito evidente do ex-presidente Lula voltar a disputar a presidência da República, e os números de várias pesquisas, o aponta como favorito para se eleger chefe da nação em 2022, pode levar o Partido dos Trabalhadores a viabilizar um nome para concorrer o governo estadual. A princípio, surge os nomes do ex-governador Zeca do PT e do deputado federal Vander Loubet.

Publicidade

A senadora Soraya Thronicke, deve concorrer ao cargo, em busca de atrair os votos de Bolsonao no Estado. A senadora é filiada no PSL, partido que já não é mais do atual presidente da República.

O senador Nelsinho Trad, do PSD, irmão do prefeito da capital, tem a anunciado a pretensão em disputar o governo estadual. O nome de Nelsinho aparece bem colocado em pesquisas realizadas na capital do Estado. Nelsinho chegou a dizer, que estaria desisitindo a favor do seu irmão, Marquinhos Trad. 

O MDB, partido bem estruturado em todo Estado, tem no ex-governador André Puccinelli como uma das opções para concorrer ao governo. André tem problemas com a justiça, e no atual momento está inelegível. Outro nome que pode surgir como opção no partido é do ex-deputado federal Carlos Marun.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários