Prefeito de Figuierão se notabiliza por trocar de secretários a todo momento

Noticias gazetanews em 16 de janeiro, 2022 08h01m
Facebook Twitter Whatsapp

Principal avenida de Figueirão.Foto: Divulgação/G1

Da Redação - Há pouco maisde 1 ano tomava posse como prefeito do município de Figuierão, o professor Juvenal Consolaro, eleito pelo PTB. Ele venceu o ex-vereador Antonio Nabhan, o ex-prefeito Ildo Furtado e a empresária Mariana Barbosa. 

Professor Juvenal como é conhecido, se propagava como a solução administrativa para o município de Figuierão, mas não é isso que tem demonstrado em pouco mas de um ano à frente da administração daquele município. Para alguns, ele está perdido, e nao consegue avançar positivamente, e o que mais está impactando negativamente é a instabilidade administrativa, o conhecido "troca-troca" de secretários municipais, além de outros cargos de chefia do segundo escalação. 

Secretaria de Finanças:Começou com Marcelo, este já saiu e entrou Ivan Moreira. Saúde: Começou com Jorge, o atual vice-prefeito, que também já saiu e entrou a Katiuscia, que também já saiu e agora está secretário o Pedro Biali. Obras: Começou com o Junior, que já saiu e em seu lugar entrou o vereador Roni Silva, que também saiu, e agora a pasta está sob o comando do Pedrinho do Bar. Assistência Social: Começou com o pastor Damião, que deixou a secretaria e em seu ugar entrou o Valdereis. Educação: Começou com Andréa Furtado, que já deixou a pasta, e, em seu lugar entrou Alexandre Luiz. 

No único hospital da cidade, a chefia também já passou por várias mãos. Começou com a Juliana, que deixou a função, e entrou em seu lugar a Ivete, que também já saiu. No momento, Cleiton Cosme comanda o hospital. 

Publicidade

O município que arrecada em media entre R$ 3,1 milhões, não va conseguir avançar em uma metodologia de instabilidade administrativa, sem planejamento e que a cada semana troca um secretário ou um diretor ou chefe de departamento importante. 

Figueirão sempre se notabilizou em ter governos estaduais que ajuda muito o município, isso ocorreu na administração de Getúlio Barbosa, quando foi prefeito e foi ajudado pelo governador Puccinelli, e aconteceu com Rogério Rosalin, que foi carregado pelo governador Reinaldo Azambuja, que também nessa administração presta todo apoio ao município. Azambuja pode ser considerado, o "melhor prefeito" de Figueirão.

Se continuar no ritmo que vai, o ex-vereador Antonio Nabahn e o ex-prefeito Getúlio Barbosa são nomes fortíssimos para ganhar a próxima eleição em Figueirão. 

ERRATA: O Município de Figueirão arrecada em média 3.149.000,00 milhões de reais por média, com base no valor arrecadado em 2021. O valor publicado de R$ 4,4 a 4,5 foi erro ao elaborar a matéria. 

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários