Secretário Riedel esteve em Naviraí na última quinta-feira, quando reuniu com lideranças

Noticias gazetacrnews em 13 de novembro, 2021 14h11m
Facebook Twitter Whatsapp

Secretário também se reuniu com lideranças e ouviu população em Naviraí, participando das festividades do aniversário do município.

O secretário de Infraestrutura do Governo do Estado, Eduardo Riedel, viajou a dois municípios de Mato Grosso do Sul na última quinta-feira (11), com dois objetivos: entrega de serviços e iniciativas para a população, assim como reunião com os líderes do executivo municipal.

Em Batayporã Riedel, acompanhado do presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, fez entregas de obras de saneamento, como a execução de mais de 20,3 quilômetros de rede coletora de esgoto e 786 de linhas de recalque, além da autorização da construção de um reservatório de 450 metros cúbicos, urbanização, adutoras e interligações.

No evento, Riedel falou da importância da universalização do saneamento básico em todo o Estado. “Não há como se falar em saúde, cidadania e dignidade sem a pessoa ter à frente da casa uma rede coletora de esgoto e é isso que o Governo está fazendo aqui. Esta ação está dentro do Avançar Cidades e isso nos leva a promover mais qualidade de vida para a população desse município”.

“Estamos expandindo rapidamente o sistema de esgotamento sanitário. Batayporã sai na frente e temos a prioridade, junto com o secretário de infraestrutura Eduardo Riedel, de fazer essa entrega para a população”, disse o diretor presidente da Sanesul.

O secretário Riedel realizou ainda a entrega de 95 cartões do programa Mais Social, de R$ 200 por mês, que compõe o pacote de retomada econômica. “Ao entregar esse benefício a uma família desta cidade e de todo o Estado, estamos ajudando quem mais precisa e injetando mais recursos em nossa economia”.

 Para o prefeito municipal, Germino Roz, o benefício é fundamental diante dos efeitos da pandemia.  “Agradecer ao Governo do Estado por esse fortalecimento social”, referindo-se ao Mais Social. “A fome não espera, temos que pensar sempre no mais pobre”.

Regularização fundiária

Publicidade

O secretário Eduardo Riedel, acompanhado da diretora-presidente da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), Maria do Carmo Avesani Lopez, realizou a entrega de 65 títulos de regularização fundiária. “É regularizar essa situação, permitindo ao cidadão se sentir que de fato e de direito que a casa é dele”, comemorou Riedel.

A mesma ação de regularização tem sido realizada de norte a sul do Estado. “Todas as famílias aqui estão mais tranquilas porque tem os títulos de propriedade em seus nomes”, salientou Maria do Carmo.

A felicidade citada por Riedel e Maria do Carmo é expressada nos rostos dos familiares que participaram da entrega de hoje, como é o caso da dona de casa Maristela Silva Carvalho Alecrim. “Fui chamada na prefeitura, há uns três anos, levamos a documentação e aí foi passando o tempo e eu fui chamada para pegar a escritura. Já moro nessa casa há quinze anos e eu sempre procurei regularizar, mas nunca dava certo. Sempre difícil e caro. Para gente isso é uma benção. É uma vitória, com a certeza de que aquela casa é sua”.

A funcionária pública Ivani de Souza, também falou das dificuldades que viveu sem a documentação da sua residência. “Só nos demos conta de que a casa não era nossa quando a gente foi pagar o IPTU e a partir desse momento já tentei regularizar essa situação. Eu moro nessa casa há mais de 15 anos. É um sentimento bom, de posse, de saber que é realmente é nosso”.

De acordo com os dados da Seinfra, de 2015 até o momento, o Governo do Estado investiu em infraestrutura R$ 124,3 milhões, incluindo obras, saneamento e habitação.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários